Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

my green story

my green story

25
Ago21

Cidades...

Elsa Caeiro e Elsa Santos

IMG_20180527_170500.jpg

Sendo eu arquitecta, não posso deixar de falar de cidades. Até porque, as cidades como hoje as conhecemos, têm um enorme impacto no ambiente.

Atualmente, 75% da população europeia vive em cidades. Contudo, o impacto da urbanização faz-se sentir muito para além dos seus limites.

E embora sejam motores da economia europeia e geradoras de riqueza, as cidades estão fortemente dependentes de regiões exteriores para satisfazer as suas necessidades… quer de recursos energéticos, de água, de alimentos,

E têm enorme impacto com as emissões poluentes produzidas, com o lixo, com a impermeabilização de solo…

Vivemos uma crise ambiental sem precedentes. Estamos a destruir o nosso Planeta. Incêndios violentos têm destruído o centro da Europa e os Estados Unidos. No norte da Europa muito recentemente ocorreram violentas chuvas torrenciais tiraram a vida a centenas de pessoas…  Tempestades violentas atingem a américa. O que é que precisamos mais para perceber que as alterações climáticas estão a acontecer, e que é urgente agir! Está a acontecer aqui ao lado, e um dia, vai calhar-nos a nós!

IMG_20180526_183339.jpg

 

E as cidades têm um papel fundamental na transformação da crise ambiental…

Mas para isso, têm de começar a ser vistas como sistemas ecológicos, e isto tem ser transposto para o planeamento das nossas cidades. Não podemos deixar que as cidades cresçam de forma inconsequente, como se não houvesse um limite para o consumo de solo e de recursos.

A solução está em pensar a cidade como um metabolismo circular, onde o consumo é reduzido pela implementação de eficiências (eficiência energética, redução de temperaturas, absorção de dióxido de carbono, absorção de água das chuvas, etc), e maximizando a reutilização dos recursos. Devemos reciclar materiais, reduzir o lixo, conservar os recursos não renováveis, insistir no consumo dos renováveis, e maximizar a eficiência ambiental.

E muitas destas eficiências conseguem-se com o desenho urbano, com soluções simples, como a plantação de mais árvores, mas árvores a sério, grandes e com sombra, que possam ajudar a amenizar a temperatura de verão, reter a humidade, e ajudar a infiltrar as águas provenientes das chuvas…

Uma solução aparentemente tão simples, e que esbarra constantemente com tantos obstáculos…

 

 

03
Ago21

Cidades Sustentáveis

Elsa Caeiro e Elsa Santos

IMG_20190422_140808.jpg

Vivemos uma crise ambiental sem precedentes. Estamos a destruir o nosso Planeta. Incêndios violentos destroem o centro da Europa. No norte da Europa, chuvas torrenciais tiram a vida a centenas de pessoas… O que é que precisamos mais para perceber que as alterações climáticas estão a acontecer, e que é urgente agir!

E as cidades têm um papel fundamental na transformação da crise ambiental…

Mas para isso, têm de começar a ser vistas como sistemas ecológicos, e isto tem ser transposto para o planeamento das nossas cidades. Não podemos deixar que as cidades cresçam de forma inconsequente, como se não houvesse um limite para o consumo de solo e de recursos.

IMG_20190919_141731.jpg

A solução está em pensar a cidade como um metabolismo circular, onde o consumo é reduzido pela implementação de eficiências (eficiência energética, redução de temperaturas, absorção de dióxido de carbono, absorção de água das chuvas, etc), e maximizando a reutilização dos recursos. Devemos reciclar materiais, reduzir o lixo, conservar os recursos não renováveis, insistir no consumo dos renováveis, e maximizar a eficiência ambiental.

E muitas destas eficiências conseguem-se com o desenho urbano, com soluções simples, como a plantação de mais árvores, mas árvores a sério, grandes e com sombra, que possam ajudar a amenizar a temperatura de verão, reter a humidade, e ajudar a infiltrar as águas provenientes das chuvas… queremos árvores de folha caduca junto aos edifícios, coladas às varandas, nas nossas ruas, praças. Queremos cidades em harmonia com a Natureza.

IMG_20190702_103139.jpg

Uma solução aparentemente tão simples, e que esbarra constantemente com tantos obstáculos…

Precisamos de soluções inovadoras, fora da caixa, mas na generalidade são soluções baseadas no funcionamento da natureza…

Gerir as áreas urbanas tem-se tornado um dos desafios mais importantes do Século XXI. O nosso sucesso ou fracasso na construção sustentável das cidades vai depender da forma como são pensadas. Temos de decidir se queremos continuar a perpetuar os erros do passado, ou somos capazes de ter uma visão inovadora das cidades?

Estamos dispostos a aceitar e experimentar novas soluções? Ou vamos esbarrar sempre na mentalidade de fazer mais do mesmo… apenas a pensar no lucro e em respostas imediatas.

Agora é o momento de pensar o futuro.

A urbanização sustentável é a chave para um desenvolvimento com sucesso. Se forem bem geridas, as cidades podem oferecer oportunidades de desenvolvimento económico, de qualidade ambiental e de equidade social para um grande número de pessoas.

Está nas nossas mãos não deixar repetir os erros do passado.

Lutemos por cidades mais amigas do ambiente, mas também mais amigas dos cidadãos.

IMG_20190617_123334.jpg

Temos de parar de pensar apenas nos nossos interesses individuais, e pensar que tudo o que construímos nas cidades tem impacto na vida de todos.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub